Fic de anime! EBA

Neste final de semana vi um livro na vitrine de uma livraria [ Avá! é mesmo!] e me apaixonei pelo livro e pelo titulo, resumindo tudo é legal nele.

O nome do livro é Fallen (“Caído”, em tradução livre) é um livro de ficção que conta a história de Luce, uma garota de 17 anos que se apaixona por Daniel, um anjo.

Capa de FALLEN

Este seria Daniel

Quero este livro de natal se alguem quiser me dar de presente é muito bem vindo!

Aqui está uma fic que achei em um site que está disponivel neste link : http://fanfiction.nyah.com.br/ obs: esta história não pertence a mim !

Fallen Angels Home escrita por phri 

Sinopse: ‘Os Caídos, que mesmo banidos da Terra continuaram a habitá-la, viveram na expectativa da Profecia, escrita pelo Guardião da Luz, do latim: Lúcifer. A Profecia dizia que nasceria um Nephilim, conhecido como Redentor, que redimiria os caídos, perdoands de seus pecados e mandands de volta ao Paraíso.
Por séculos eles esperaram, até o Grande Dia. Aaron estava pronto para salvá-los.’

Notas da História e da autora:

A música não me pertence. Todos os direitos autorais de Daughtry.
Os personagens, infelizmente, também não são meus. Pertecem ao criador de Fallen.
Sei que muitos aqui nunca leram sobre anjos caídos e Nephilim, tendo ouvido apenas a história contada pela sua respectiva religião. Antes da história tudo é contextualizado, então não se assustem com o tema!
E não é envolvida nenhuma religião, apenas Teologia.

Recomendo que leiam ouvindo a música base, Home:
http://www.youtube.com/watch?v=iMUFhfp46zc

Em séculos passados, bem anteriores ao nascimento de Jesus, dois anjos, consumidos pelo ciúme, desobedeceram às ordens do Criador, passando a viver na Terra, entre os prazeres humanos. A tropa dos Caídos era liderada por Lúcifer e Azazel.

 Os Caídos mantiveram relações com mulheres humanas, criando abominações, chamadas de Nephilim. Nenhuma mulher sobreviveu ao parto de seus filhos.Ao completar 18 anos, os Nephilim tinham, finalmente, acesso aos seus poderes angelicais. Com alma de homem e poderes de anjos, essas criaturas estavam em constante conflito com esta antítese, se transformando, muitas vezes, em seres descontrolados. Diante do caos, o Criador baniu os Caídos da Terra e enviou o Grande Dilúvio para destruir os Nephilim, porém alguns sobreviveram, levando o Criador a mandar à Terra os Poderosos para protegê-la das abominações. Esses anjos passaram, sob suas próprias regras, a massacrar os Nephilim, até quase sua extinção.

Os Caídos, que mesmo banidos da Terra continuaram a habitá-la, viveram na expectativa da Profecia, escrita pelo Guardião da Luz, do latim: Lúcifer. A Profecia dizia que nasceria um Nephilim, conhecido como Redentor, que redimiria os caídos, perdoando-os de seus pecados e mandando-os de volta ao Paraíso.

Por séculos eles esperaram, até o Grande Dia. Aaron estava pronto para salvá-los.

I’m staring out into the night,
Trying to hide the pain.
I’m going to the place where love
And feeling good don’t ever cost a thing.
And the pain you feel’s a different kind of pain.

Eu estou me destacando na noite
Tentando esconder a dor
Estou indo para o lugar onde o amor
E o bem-estar não custam nada
E a dor que você sente é um tipo diferente de dor

 Azazel estava deitado entre os arbustos da densa selva que o cercava, morrendo aos poucos. O Fogo Angelical, arma usada pelos Poderosos para deter os Caídos e os Nephilim, havia tocado-o durante um ataque.

Pela primeira vez em séculos, Azazel fugira de uma batalha. Com alma de guerreiro, o Caído não se deixava vencer e adorava destruir Poderosos, porém, daquela vez, algo não foi como o planejado. A notícia de que o Redentor estava na Terra, resgatando Caídos o deixou completamente sem foco, desconcentrado.

Pela primeira vez, estava seriamente ferido sem ter Ariel ao seu lado para curá-lo. Não estava com ela, pois havia fugido para longe, deixando-a para trás. Não precisava que os Poderosos destruíssem o único anjo que já amou. Ela, porém, era necessária neste momento, ao lado de Azazel. Ariel era uma Curadora, o único Caído capaz de curar a ferida mortal de Fogo Angelical.

Pela primeira vez, Azazel sentia que precisava de redenção, que precisava voltar para o único lugar no qual foi amado incondicionalmente sem precisar dar nada em troca. Precisava do Paraíso para apagar as dores causadas pelos prazeres humanos.

Seu chamado silencioso estava prestes a ser atendido pelo único Nephilim capaz de salvá-lo.
I’m going home,
Back to the place where I belong,
And where your love has always been enough for me.
I’m not running from.
No, I think you got me all wrong.
I don’t regret this life I chose for me.
But these places and these faces are getting old
So I’m going home.
Well I’m going home.

Eu estou indo para casa
De volta para o meu lugar
E onde seu amor sempre foi o suficiente para mim
Eu não estou fugindo
Não, eu acho que você me entendeu mal
Eu não me arrependo dessa vida que escolhi para mim
Mas esses lugares e esses rostos estão ficando velhos
Então eu estou indo para casa
Bem, estou indo para casa

Aaron ajoelhou-se ao lado de Azazel. A chuva caía com força, molhando os dois corpos. Camael, um ex-Poderoso que traiu seu clã por achar que o Criador não era a favor da morte dos Nephilim, estava com o Redentor. 

– Você não pode redimi-lo, Aaron. Ele e Lúcifer lideraram os Caídos durante a queda. Ele começou as abominações. Azazel sempre declarou seus planos para a destruição do Criador quando fosse redimido. Você não pode simplesmente perdoá-lo e mandá-lo ao Paraíso! – Camael sussurrou ao Redentor. Azazel ouvia as palavras como se estivesse distante. Sua morte estava por vir, ele tinha certeza absoluta.

– Não, Camael. Eu não posso permitir que um Caído seja destruído e vá para o nada. Não existe Céu ou Inferno para esses Caídos, Camael. Não consegue entender? É só o nada! Você não está no meu corpo para entender a necessidade de redenção de Azazel. Nunca conheci um Caído com tamanho desejo de retornar ao Paraíso. Não existe malícia neste anjo, Camael. – Aaron falava, enquanto sua mão tocava o coração de Azazel, sentindo os bons sentimentos em relação ao Criador que exalavam daquele corpo quase imóvel, sem forças. Azazel orava baixinho, apenas para ele, pedindo que ele tivesse um destino depois dali, não apenas o Nada.

– Azazel, dê-me sua mão. – O Caído usou suas últimas forças para tal ato. – Sua hora chegou. Em alguns minutos você estará ao lado do Criador. Peço que relaxe. A dor será  mais um fardo.

 Azazel, apesar de não manter seus planos para a destruição do Criador, não se arrependia de nem um dia passado entre os prazeres mundanos. Não se arrependia da Revolta e muito menos de ter matado os Poderosos que matou. Não se arrependia, porque tudo que fez foi defendendo sua liberdade, defendendo aquilo que acreditava ser certo. Agora estava voltando ao Paraíso, mais maduro, mais consciente, pronto para obedecer ao Criador e para proteger os humanos, aqueles que foram motivo de sua Revolta.
The miles are getting longer, it seems,
The closer I get to you.
I’ve not always been the best man or friend for you.
But your love, remains true.
And I don’t know why.
You always seem to give me another try.

As milhas estão ficando mais longas, parece,
Quanto mais perto eu fico de você
Eu nunca fui o melhor homem ou amigo para você
Mas seu amor continua verdadeiro
E eu não sei por quê
Você parece que sempre me dá outra chance

 Aaron e Camael observaram o Caído subir ao Paraíso. Estava, enfim, livre! A liberdade que procurou durante séculos na Terra estava sendo, finalmente, sentida no caminho para o Criador. Azazel nunca pensara que a felicidade estava ao lado Dele, mas podia sentir, durante sua subida, que seria feliz de verdade para a eternidade.

O Caído por muitas vezes perguntou-se o porquê de o Criador não destruir todos os desobedientes, considerando o poder que possuía. Só neste momento percebeu que o Criador amava incondicionalmente todas as Suas criações e não seria capaz de destruí-las.

Azazel tinha mais uma chance de viver e de amar. Seu momento no Paraíso havia chegado.
Be careful what you wish for,
‘Cause you just might get
it all.
You just might get it all,
And then some you don’t want.
Be careful what you wish for,
‘Cause you just might get it all.
You just might get it all, yeah.
Tome cuidado com o que você deseja
Porque você pode conseguir tudo
Você pode conseguir tudo
E algo que você não quer
Tome cuidado com o que você deseja
Porque você pode conseguir tudo
Você pode conseguir tudo

 Azazel havia liderado, junto com Lúcifer, a Revolta, que culminou na criação dos Nephilim. Durante séculos, os Caídos criaram Nephilim, acreditando que um dia nasceria o Redentor, para mandá-los de volta ao paraíso. Quando finalmente atingiram seus objetivos e foram redimidos, os Caídos perceberam que nada daquilo teria sido necessário se tivessem obedecido às ordens do Criador, protegendo a raça humana. Finalmente, tinham a certeza de que eram amados tanto quanto os humanos.

As dores mundanas, as mortes causadas, a criação dos Nephilim (fadados a sofrer pela eternidade com seus conflitos), nada era necessário se apenas acreditassem naquele que os criou.
So I’m going home.
I’m going home.

Então eu estou indo para casa.

Estou indo pra casa.

 Fim

Espero que tenham gostado desta fic que não me pertence xD

#Liz Hitler

Expresse-se, tire dúvidas, critique e elogie. Esse espaço é seu, mas não é permitido brigas via comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s